Instalar theme
Era curioso, eu pensava, como as coisas se fazem. Apenas um dia de cada vez, dia após dia, e então, lá estava. Num certo sentido, eu me sentia como se ainda não tivesse escrito o argumento. Não escreveu, diria um crítico, enquanto não perceber o ruim e o óbvio em seu texto. Mas qual era a diferença entre um crítico de cinema e um espectador de cinema? Resposta: o crítico não precisa pagar.”
Charles Bukowski. (via salientada)
Bom, às vezes a vida é dura, mas eu tenho muita coisa para agradecer.”
A Cabana.    (via se-eu-pudesse)

A lua foi ao cinema,
passava um filme engraçado,
a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas
uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,
ninguém olhava pra ela,
e toda a luz que ela tinha
cabia numa janela.

A lua ficou tão triste
com aquela história de amor,
que até hoje a lua insiste:
— Amanheça, por favor!

Paulo Leminski. (via declarator)
Sexo no chão porque na cama faz barulho.

hellofromtumblr:

Love something? Reblog it!

Ever see something on Tumblr and wish it was on your blog? Well, it can be. Just hit the reblog button on the post, add some stuff if you’d like, and voila! Touch it and make it yours.

Find something to reblog

Desejo a nós dois um amor no estilo daqueles filmes de comédia romântica, que os dois brigam, dão risadas juntos, mas que na realidade não consegue viver um sem o outro.
Together, remember? (via enoitecer)
Em mim
A cada grama
Um drama.”
— G. Meira  (via floricitar)
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.”
Caio Fernando de Abreu.  (via marquinhoosmark)
POETASOLITARI0 ©